Programa de Gestores recebeu 1.200 empreendedores do Estado de São Paulo

Palestra sobre Revolução no Mercado Educacional contou com 1.200 empreendedores do Estado de São Paulo
O primeiro evento do ano apresentou dicas de como se adaptar às mudanças da área da educação

           Realizado pela Rabbit Partnership, maior consultoria educacional da América Latina, o primeiro Programa de Gestores deste ano contou com um público de 1.200 proprietários, coordenadores e professores de instituições privadas de ensino de diversas regiões do Estado de São Paulo. O evento, que aconteceu no dia 4 de abril, teve como foco a revolução no mercado educacional.

Apresentada de forma dinâmica por Christian Rocha Coelho, CEO da empresa, a palestra falou sobre a ansiedade que atinge grande parte da população mundial e como as escolas podem interferir positivamente nesse cenário, e mostrou ao público orientações de como se adaptar às mudanças que estão ocorrendo no setor com a aparição das chamadas “escolas premium”, que tornaram-se rapidamente referência no segmento educacional.

“Os empreendedores devem estar conectados às rápidas transformações. Com o surgimento de novos concorrentes com grande potencial de investimento em infraestrutura e gestão, faz-se necessário buscar a excelência na prestação dos seus serviços”, declara Christian.

Além disso, a apresentação também contou com uma análise de mercado, produzida pela área de pesquisa da consultoria, para identificar o que os pais e responsáveis pelos alunos consideram como item mais importante para a educação dos seus filhos. Tendo o seguinte resultado:

*Pesquisa realizada com 3.300 famílias de escolas parceiras da Rabbit Partnership

Ainda no mês de abril, o Programa de Gestores passará pelo Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Pernambuco, Bahia e Ceará. Para os clientes de Manaus, Santa Catarina, Mato Grosso, Macapá, entre outras regiões, será disponibilizada uma plataforma EAD com todo o conteúdo.

2 comments

  1. E preciso esclarecer à maioria da população que ensino bilíngue não é , definitivamente, mais aulas desta ou daquela língua, pois muitos pais menos esclarecidos pensam que é isso e, claro, essa falsa impressão vem causando inúmeros transtornos às Escolas monolinguístas que também oferecem línguas estrangeiras e nem por não serem bilíngues, deixam de ser tão boas ou, em alguns casos, até melhores que algumas que se dizem tal.

    Outro esclarecimento que se faz necessário é que um aluno numa escola bilíngue e que em casa ninguém pratica tal língua, adianta muito pouco, pois ele só se comunica na escola e não no seu meio sócio-familiar.

    Só gostaria de deixar estes esclarecimentos e/ou sugestões, já que escolas bilíngues estãode(como dizem os espanhóis) de moda!!!

    1. João, agradecemos as considerações. A 2Ways Programa Bilíngue, empresa do Grupo Rabbit, divulgará em breve informações sobre o tópico.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *