Como formar um time de excelência

     Durante o programa de capacitação da Rabbit, exploramos inúmeros temas de desenvolvimento humano, como liderança, gestão, monitoramento, análise de desempenho e meritocracia. Outro fator significativo para quem busca formar um time de excelência é permitir que cada líder coloque seus pontos fortes em prática. Exemplo: Eu, diretor do Grupo Rabbit, tenho como pontos fortes as relações de liderança, conhecimento e comunicabilidade, e como pontos fracos as práticas organizacionais, financeiras, performance e empatia. Ao longo dos anos, formei um time de líderes que possuem como pontos fortes as características que tenho mais dificuldade. Por isso, consigo desempenhar meu papel com mais segurança e prazer. Isto não me isenta das tomadas de decisões financeiras e gerenciais, mas tenho pessoas ao meu redor mais capacitadas para estas atividades.

Para fazer sua empresa crescer, forme um time igual ou melhor que você!

     É comum encontrar sócios que possuem o mesmo perfil, por exemplo, gostam de coordenar o corpo docente e não se identificam com as áreas: financeira, marketing e vendas. A falta de identificação com segmentos importantes pode levar ao desequilíbrio e comprometer a saúde da instituição.

     Na hora de formar uma sociedade ou contratar um coordenador leve em consideração os seus pontos fortes e os do futuro parceiro.

     Por mais que tenhamos prazer em trabalhar, não gostamos de tudo que fazemos, pois o trabalho é composto de muitas atividades diferentes. Algumas nos incentivam e outras nos deixam exauridos.

     O importante para melhorar o desempenho da instituição é descrever as funções e atividades, identificar quais delas nos estimulam, quais nos esgotam, redistribuí-las entre os líderes e delegá-las através das funções orgânicas.

     Antes de iniciar o processo, é imprescindível trabalhar a inteligência intrapessoal dos líderes e identificar as próprias forças e fraquezas.

     O exercício a seguir irá contribuir para isso:

    Em caráter de teste, descreva três atividades em que você se considera bom e gosta de fazer (pontos portes) e três em que tem dificuldade e não gosta de fazer (pontos fracos).

Pontos fortes

Pontos fracos

   
   
   

     A próxima etapa é verificar se as atividades correspondem realmente aos seus pontos fortes. Escolha a atividade que você considera o seu ponto mais forte. Em uma escala de 1 a 5, sendo 1 = discordo totalmente e 5 = concordo totalmente, pontue às seguintes perguntas:

1 2 3 4 5
1.      Tenho apresentado um grande sucesso neste tipo de atividade
2.      Outras pessoas costumam dizer que tenho um dom para esse tipo de atividade
3.      Tenho recebido elogios ou reconhecimento por realizar este tipo de atividade
4.      Realizo esse tipo de atividade todos os dias
5.      Costumo me oferecer para realizar esse tipo de atividade
6.      Este tipo de atividade é instintiva para mim
7.      Aprendo rapidamente esse tipo de atividade
8.      Eu me pego pensando nesse tipo de atividade todos os dias
9.      Mal posso esperar para aprender novas técnicas a fim de realizar esse tipo de atividade
10.   Sempre anseio por realizar esse tipo de atividade
11.   Eu me divirto lembrando de quando estava realizando esse tipo de atividade
12.   Realizar esse tipo de atividade me proporciona uma das maiores        satisfações pessoais

     Para ser considerado realmente um ponto forte a pontuação deverá ser igual ou superior a 50 pontos.

     Um erro comum na aprendizagem andragógica é focar na correção dos erros e não enfatizar os protótipos: segundo estudo americano realizado em 2014, uma amostra representativa de professores do ensino regular foi indagada com a seguinte pergunta: quando você e seu coordenador falam de desempenho, focam mais nos pontos positivos ou negativos? Aproximadamente 35% das respostas apontam que não tinham reuniões periódicas, 55% focavam os aspectos negativos e apenas 10% responderam que enfatizavam os pontos fortes.

     A partir do momento que você executar o que gosta e o que sabe na maior parte do tempo, a tendência é chegar ao sucesso. Confúcio disse: Encontre um trabalho que adore e nunca trabalhará nem um dia sequer da sua vida.

Christian Rocha Coelho

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *