Aulas online – Síncronas ou Assíncronas?

Aulas online – Síncronas ou Assíncronas?

Neste período de quarentena, muitas escolas se voltaram para o ensino online – e, em poucas semanas, escolas fizeram um excelente trabalho ao adaptar o que até então era feito normalmente para conseguir oferecer conteúdo de qualidade aos alunos remotamente. Mas afinal, o que são aulas online?

Entende-se por aulas online aulas dadas através de uma plataforma virtual para alunos que não se encontram no mesmo espaço realizando as tarefas propostas. No imaginário coletivo, temos muitas vezes aulas sendo oferecidas em tempo real através de uma plataforma de videoconferência. Referimo-nos a estas aulas como síncronas. Outra ideia geral é o aluno, utilizando uma plataforma como Moodle, Blackboard ou Google Classroom, realizar tarefas por si só ou assistir a uma aula já gravada. Referimo-nos a estas aulas como assíncronas. Neste artigo, busco examinar ambos os tipos mais de perto.

Aulas Síncronas

O princípio fundamental de aulas síncronas, conforme mencionado anteriormente, é o fator tempo. As aulas ocorrem em tempo real através de uma plataforma de videoconferência em comum e com interação entre aluno e professor. Podemos citar alguns benefícios das aulas síncronas:

  • Engajamento da turma: este modo oferece maior contato humano, por assim dizer, pois todos estarão online no mesmo momento.
  • Aprendizado dinâmico: o feedback é imediato – as perguntas surgem e são respondidas dentro do tempo que compreende a aula.
  • Aprofundamento instrucional: com a interação regular com os professores, os alunos tendem a se aproximar mais destes.

No entanto, as aulas síncronas também têm algumas desvantagens, como a falta de flexibilidade de horário, a dificuldade de dar feedback individual e a possibilidade de dificuldades técnicas tanto por parte do professor quanto do aluno, que podem atrapalhar ou até mesmo impossibilitar a aula.

Aulas Assíncronas

Nas aulas assíncronas, temos justamente a diferença entre o tempo em que o conteúdo é postado e quando os alunos o recebem, tendo eles o poder de decidir o quanto e quando é melhor estudarem. Entre os benefícios das aulas assíncronas temos:

  • Flexibilidade: Por não ter a necessidade de juntar todos os alunos ao mesmo tempo, os alunos podem escolher qual o melhor horário para estudar, bem quantas vezes vão assistir à vídeo-aula ou ler o texto explicativo.
  • Tempo: Os alunos têm mais tempo para refletir sobre seu aprendizado, tendo a possibilidade de passar mais tempo com o mesmo conteúdo.

Entre suas desvantagens temos o quesito da isolação social, uma vez que o professor e os outros alunos não têm contato por vídeo, ligação ou outro, e a questão da falta de acesso ao professor, já que perguntas demoram mais tempo para ser respondidas e o feedback é também, portanto, mais lento.

Qual forma usar, afinal? Tudo depende de suas intenções como professor ou escola, do perfil de seus alunos e de suas capacidades técnicas. Se você, como professor, tem uma internet muito instável, talvez seja melhor optar por aulas assíncronas. Caso note que seus alunos não têm o foco para estudar sozinhos, aulas síncronas podem ser mais interessantes. Uma proposta interessante para aulas online é oferecer conteúdo assincronamente e, em alguns momentos chave do aprendizado – talvez uma vez por semana –, ter encontros síncronos com alunos de forma a extrair o melhor das duas modalidades.

 

Adriana Monteiro
2Ways Bilíngue

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *